2022 é ano de eleições presidenciais. O Tribunal Superior Eleitoral é fundamental para a construção e exercício da democracia brasileira. O órgão máximo da Justiça Eleitoral pode contar com o seu serviço, para isso, é necessário fazer o concurso TSE.

As principais competências do TSE são fixadas pela Constituição Federal e pelo Código Eleitoral (Lei nº 4.737/65). O Tribunal coordena os trabalhos eleitorais do País e realiza a diplomação do presidente e vice-presidente da República.

A Corte Eleitoral também tem como atribuições julgar recursos interpostos contra as decisões dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e responder às consultas sobre matéria eleitoral feitas por autoridades com jurisdição federal ou órgão nacional de partido político.

Ou seja, é um trabalho indispensável para a nação. E você pode fazer parte disso. Veja como:

Concurso TSE: cargos vagos

O Tribunal Superior Eleitoral encaminhou ofícios aos TREs para prosseguir com os trâmites do concurso unificado.

O edital TSE Unificado irá contemplar Tribunais Regionais Eleitorais de forma centralizada e já conta com o pedido de participação de, pelo menos, 15 órgãos.

Saiba que o TSE tem trabalhado no levantamento dos cargos e vagas do edital anunciado para 2023. Enquanto esses dados não são divulgados, uma forma de ter uma noção de quantas vagas serão ofertadas é pela quantidade de cargos vagos.

O TSE, por exemplo, possui, ao todo, 10 vacâncias, sendo:

Órgão TÉCNICO ANALISTA TOTAL
TSE 3 7 10
Concurso TSE: cargos vagos

Fonte: Estratégia Concursos

Deixe um comentário