>> Garanta seu Planejamento de Estudos clicando aqui <<



Em vista da recente autorização, pelo conselho de magistratura do TJ-RS, para a abertura de concurso para o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), cargos de analista e técnico judiciário, trouxe hoje para vocês informações interessantes sobre o último edital desse concurso, em especial, do cargo de técnico Administrativo.

O último concurso foi realizado no ano de 2012 e ofertou 139 vagas, mais cadastro de reserva. Somente a carreira de Técnico Judiciário, onde 59 vagas foram ofertadas pelo edital de abertura do último concurso, mais de 520 aprovados já foram convocados. Neste artigo, faremos uma análise dos principais pontos do último edital e também de alguns destaques para a carreira de Técnico Judiciário.

Veja também:

Principais pontos do último edital

Do cargo e remuneração inicial – atualizado

O Cargo de TÉCNICO JUDICIÁRIO – no nível inicial da carreira (classe padrão A1), oferece remuneração inicial de R$ 3.860,28 + benefícios.

Vagas

O edital de 2012 previu, inicialmente, 59 vagas + cadastro de reserva. No entanto, mais de 520 aprovados já foram convocados.

Jornada de Trabalho

A jornada de trabalho desenvolve-se em regime normal de 40 horas semanais.

Escolaridade

Diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de nível médio ou equivalente.

Atribuições

Fornecer auxílio técnico e administrativo ao exercício da atividade judicante, como, por exemplo, processar feitos judiciais e administrativos; elaborar minutas, relatórios, planos e projetos; realizar pesquisas; emitir pareceres; distribuir e controlar materiais; arquivar documentos; revisar; digitar; criar, manter e consultar bancos de dados; conferir, imprimir, transmitir e arquivar trabalhos escritos, inclusive por meio de processos informatizados; digitalizar documentos, realizando o armazenamento ou remessa por meio eletrônico desses documentos; expedir certidões; prestar informações; executar outras atribuições de mesma natureza e grau de complexidade.

Das Provas

O último concurso TJ RS realizou-se em fase única, sendo constituída de uma (01) Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A prova foi constituída de 70 (setenta) questões escritas objetivas, distribuída conforme o número de questões, o número mínimo de acertos em cada parte e o caráter (eliminatório e/ou classificatório), como segue:

Parte 1: 26 (vinte e seis) questões objetivas de Língua Portuguesa, valendo 26 pontos;

Parte 2: 20 (vinte) questões objetivas de Matemática, valendo 20 pontos;

Parte 3: 12 (doze) questões objetivas de Tópicos de Legislação, valendo 12 pontos;

Parte 4: 12 (doze) questões objetivas de Microinformática, valendo 12 pontos.

Partes da Prova Escrita Objetiva Técnico Judiciário Número de Questões Número Mínimo de Acertos Caráter
1. Língua Portuguesa 26 13 Eliminatório e Classificatório
2. Matemática 20 10 Eliminatório e Classificatório
3. Tópicos de Legislação 12 Classificatório
4. Microinformática 12 Classificatório

Aplicação da Prova Escrita Objetiva

As provas foram aplicadas na cidade de Porto Alegre, contudo, o edital previu que, a critério da Comissão do Concurso do Tribunal de Justiça, dependendo do número de inscritos, a realização da Prova Escrita Objetiva poderia ser aplicada também na Região Metropolitana e em um único dia.

A duração prevista fooide quatro (4) horas, iniciando-se às 14h30m.

Principais destaques da carreira

Progressão funcional do cargo de Técnico Judicário

A estrutura do cargo é composta por 3 (três) classes, A, B e C, e 5 (cinco) padrões de vencimento para cada classe. A progressão é a elevação do padrão para o seguinte, dentro da mesma classe, e ocorre anualmente. Assim, a carreiras conta, hoje, com 15 níveis de progressão, podendo chegar até a R$ 5.287,11 no último nível.

Avanços

Por triênio de efetivo exercício no serviço público, ao servidor será concedido automaticamente um acréscimo de 5% (cinco por cento), denominado avanço.

Do Adicional por Tempo de Serviço

Ao completar 15 (quinze) e 25 (vinte e cinco) anos de serviço público, o servidor passará a perceber, respectivamente, o adicional de 15% (quinze por cento) ou 25% (vinte e cinco por cento), não cumulativos.

Funções gratificadas

Os servidores, quando investidos em função de confiança, perceberão a remuneração do cargo efetivo acrescida do valor da função para a qual forem designados. Tais valores variam entre R$ 521,39 e R$ 4.142,74.

Da Licença-Prêmio por Assiduidade

O servidor que, por um quinquênio  ininterrupto, não se houver afastado do exercício de suas funções, terá direito à concessão automática de 3 (três) meses de licença-prêmio por assiduidade, com todas as vantagens do cargo, como se nele estivesse em exercício.

Recesso Forense

Além das férias, o Judiciário tem o recesso anual entre os dias 20 de dezembro e 06 de janeiro. Esses dias de descanso não são descontados das férias.

[R-slider id=”1″]


Baixe aqui o último edital TJ RS completo: Edital Tribunal de Justiça do RS

O Estratégia Concursos irá lançar cursos focados no novo edital TJ RS. Nossos cursos contêm o conteúdo completo que será cobrado na sua prova. São PDF´s e videoaulas, além de um fórum de dúvidas exclusivo na área do aluno para você esclarecer pontos com seus professores. Confiamos tanto na qualidade da nossa equipe e dos nossos materiais que nós temos uma política de satisfação garantida ou seu dinheiro de volta, em até 30 dias e sem burocracia. Você não tem nada a perder, conheça nossos cursos!

Como você observou, o Concurso TJ RS oferece excelentes oportunidades para os novos servidores.

Também quero deixar aqui a última prova TJ RS, aplicada para o cargo:

Prova Técnico Judiciário 2012

Gabarito Prova 2012

Fonte: Estratégia Concursos

Chat online