>> Garanta seu Planejamento de Estudos clicando aqui <<



Uma grande oportunidade para jovens que acabaram de concluir o ensino médio é a seleção de escriturário do Banco do Brasil – BB (Concurso Banco do Brasil), que acaba de ser lançada para os Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

A seleção é destinada a preencher 60 vagas, sendo 30 imediatas e 30 em cadastro de reserva. O cargo tem ganhos de R$ 2.718,73. O regime de contratação é o celetista. A seleção terá validade de um ano, prorrogável por igual período.

A organizadora é a Fundação Cesgranrio e as inscrições abrem já nesta quinta-feira, dia 8, seguindo até o dia 27 deste mês. A taxa é de R$48.

Conquiste sua aprovação de uma vez por todas! Supere os limites, bloqueios e dificuldades que estão te impedindo de alcançar a sonhada nomeação! Clique aqui e saiba um pouco mais!


Organizadora e matérias do concurso Banco do Brasil

A Fundação Cesgranrio será a organizadora da seleção e as provas do concurso Banco do Brasil contarão com 10 disciplinas, são elas:

  1. Atualidades do Mercado Financeiro,
  2. Língua Portuguesa,
  3. Raciocínio Lógico-Matemático,
  4. Cultura Organizacional,
  5. Domínio Produtivo da Informática,
  6. Inglês,
  7. Atendimento,
  8. Técnicas de Vendas e
  9. Conhecimentos Bancários, distribuídas conforme abaixo.

 

 

Composição da prova referente ao concurso do Banco do Brasil.

 

Peso das questões do Banco do Brasil

As matérias de conhecimentos básicos:

  • Língua Portuguesa: 10 questões, com peso 1 = 10 pontos
  • Raciocínio Lógico-matemático:10 questões, com peso 1,5 = 15 pontos
  • Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões, com peso 1 = 5 pontos
  • As de conhecimentos específicos:
  • Cultura Organizacional: 5 questões, com peso 1,5 = 7,5 pontos
  • Técnicas de Vendas: 10 questões, sendo 5 questões, com peso 1,5 e 5 questões com peso 2 = 17,5 pontos
  • Atendimento (focado em Vendas): 10 questões, sendo 5 questões, com peso 1,5 e 5 questões com peso 2 = 17,5 pontos
  • Domínio Produtivo da Informática: 5 questões, com peso 1,5 = 7,5 pontos
  • Conhecimentos Bancários: 10 questões, com peso 1,5 = 15 pontos
  • Língua Inglesa: 5 questões, com peso 1 = 5 pontos

 

Necessidade de pessoal do Banco do Brasil

Segundo sindicalistas, há necessidade de mais de 3,4 mil funcionários em diversas unidades. A falta de previsões é uma preocupação. No entanto, dada a grande carência de pessoal, o concurso terá que ser aberto mais cedo ou mais tarde, de forma que os interessados em ingressar no banco devem manter os estudos em dia.

Diante disso, a maioria dos interessados busca, na etapa da preparação, a fórmula ideal para alcançar, além da aprovação, uma boa classificação, a fim de garantir o ingresso no banco. A melhor maneira de conseguir o cargo é planejar-se e estudar com antecedência, conforme orientam os mais renomados especialistas. Fora isso, é importante também conhecer o cargo ao qual o candidato exercerá suas funções.

Acesse abaixo mais detalhes sobre o Banco do Brasil

Requisito

A função de escriturário, carreira de ingresso no banco, exige apenas o nível médio.

O que faz um empregado do Banco do Brasil?

Comercialização de produtos e serviços do Banco do Brasil
Atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário)
Contatos com clientes
Prestação de informações aos clientes e usuários
Redação de correspondências em geral
Conferência de relatórios e documentos
Controles estatísticos
Atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados
Execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do Banco do Brasil.

A tarefa básica do cargo de nível médio, é atender o público. Há ainda outras funções, tais como comercializar produtos e serviços do BB e atuar nos caixas, além de manter contatos com clientes e prestar informações. A lista de atribuições, porém, não termina por aí.

Há também tarefas não tão conhecidas, tais como redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados, além da execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo.

Tradicionalmente, os funcionários ingressam no BB atuando como atendentes ou caixas e, aos poucos, vão tomando conhecimento das demais funções. O que torna o cargo atrativo, no entanto, é a possibilidade de ascensão profissional e a chance de tornar-se, no futuro, um gerente ou executivo do banco.

Salário e benefícios do Banco do Brasil

Os funcionários do Banco do Brasil têm direito ainda a ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados, vale-transporte, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica (planos de saúde), previdência privada e participação no Programa de Qualidade de Vida no Trabalho.

Veja algumas vantagens de ser funcionário do BB

Cesta alimentação: R$ 572
Vale-refeição: R$ 431,16
Vale-cultura: R$ 50
Participação nos lucros
Auxílio-creche
Auxílio a filho com deficiência
Assistência médica
Plano odontológico
Previdência privada
Possibilidade de crescimento profissional

Jornada de Trabalho

Os novos empregados  da carreira exercem suas atribuições em jornada de 30h semanais ou 6h diárias.

Professores e servidores falam da carreira no Banco do Brasil

Profissionais gabaritos da área bancária, os professores Cid Roberto e Tiago Waltz participaram do Gran Carreiras e deram todos os detalhes sobre a seleção prevista para 14 estados e o DF.  Juntos, possuem mais de 50 anos de história com a empresa pública e contam suas trajetórias de sucesso.

Segundo Waltz, o banco possibilita que graduados atuem em sua área. “Existe um grade processo seletivo que o Banco do Brasil realiza anualmente para capturar os talentos, com uma prova de avaliação interna e diversas etapas de avaliações posteriores”.

Cid Roberto ratifica a informação. “Você que é engenheiro, arquiteto, advogado, nutricionista, psicólogo, etc., e deseja desenvolver essas atividades dentro do BB, a porta de entrar é a seleção para Escriturário.

Após isso, internamente, o banco identifica o potencial e a formação de cada um e oferece a oportunidade”.

Eles esclarecem uma dúvida recorrente por candidatos da área bancária:  a pressão para atingir metas e relacionados. “O banco vive da venda de seus produtos.  Até 1986, o BB tinha um sistema que ele não dependia de ter resultado, então não necessitava da taxa de juros que captava.  Com o fim disso, o banco precisou se readequar e , consequentemente, surgiu o cartão de crédito, operações de lase,  CDC, CDB, títulos de capitalização, planos de previdência complementar, e, naturalmente, existe uma pressão”.

“Existem diversas carreiras dentro do banco. Se você está na agência,  existem determinados produtos que precisam atingir um quantitativo mínimo de saídas. Essas agências estão classificadas, então você tem meta, seu chefe também, o chefe do seu chefe, a própria agência, a superintendência, e assim sucessivamente. À medida que você vai alcançando elas, você terá uma fatia maior ou menor na participação nos lucros (PLR)”.

E a previsão de concursos? Cid Roberto avalia. “ O Banco do Brasil realizou no ano passado um Plano de Aposentadoria Incentivada (PAI) e mais de 5 mil funcionários de desligaram e não foram repostos ainda. Então, é iminente uma nova seleção para diversos estados do país. É uma realidade que os concursos precisam acontecer”.

Diversos outros pontos são abordados pelos professores, que dão dicas para as avaliações objetivas e muito mais. Assista abaixo e não fique de fora dos detalhes desta fascinante carreira.

Detalhes:

  • Concurso: Concurso Banco do Brasil (Banco do Brasil)
  • Banca organizadora:  Fundação Cesgranrio
  • Cargos: Escriturário
  • Escolaridade: Nível médio completo
  • Estados: DF, RJ, SP
  • Número de vagas: 60 + CR
  • Salário: R$ 3.613,58
  • Inscrições: Confirmado
  • Taxa: R$ 48
  • Prova: 13 de maio de 2018

Edital

Por Equipe Gran Cursos Online
Fonte: blog.grancursosonline.com.br / Amo Direito

Chat online