Gabarito apresentado pela Banca Cesgranrio está OK! Não vejo possibilidade de recursos.

 

67 O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a Pegada Ecológica são indicadores úteis para a avaliação do desenvolvimento sustentável dos países. Esses dois índices

(A) têm uma correlação positiva, em grande parte dos países em desenvolvimento, apontando que a degradação ambiental pode ser um dos motivos para o baixo desenvolvimento humano.

(B) têm uma correlação positiva, em grande parte dos países desenvolvidos, apontando que esse desenvolvimento pode ter ocorrido às custas da degradação ambiental.

(C) têm uma correlação negativa, na maior parte dos países, apontando que, quanto maior o desenvolvimento humano, menor será a pegada ecológica.

(D) têm uma correlação nula na maior parte dos países, indicando que o maior desenvolvimento está relacionado a um impacto ambiental nulo.

(E) não devem ser analisados em conjunto, pois eles se referem a dimensões da sustentabilidade que não se relacionam.

Letra B.

A Pegada Ecológica (Ecological Footprint) é um indicador de sustentabilidade e o IDH o Índice de Desenvolvimento Humano.

A pegada ecológica demonstra a quantidade de hectares globais de terra e água
necessários para a manutenção da humanidade com um determinado padrão de utilização dos
recursos e emissão de rejeitos.

O ideal seria um alto IDH com uma baixa pegada ecológica, no entanto os estudos demonstram que temos, em regra, uma correlação positiva entre os dois índices.

68 Muitas empresas têm desenvolvido os seus programas de responsabilidade social segundo a abordagem do triple bottom line, que se constitui na principal ferramenta do Índice de Sustentabilidade da Dow Jones (Dow Jones Sustainability Index) da Bolsa de Valores de Nova Iorque e do Índice de Sustentabilidade Social (ISE) da Bovespa. Disponível em: . Acesso em: 5 jan. 2018. Adaptado.

A abordagem citada no texto refere-se a um conceito

(A) baseado na busca de equilíbrio entre resultado financeiro, responsabilidade social e ambiental, possibilitando a implementação de indicadores que avaliem essas três dimensões.

(B) baseado nas mudanças sociais, geradas pelos resultados econômicos e financeiros decorrentes das suas atividades de responsabilidade social.

(C) fundamentado pela ferramenta conhecida como 3P (profit, planet, performance), que implementa indicadores para auxiliar no gerenciamento dos resultados financeiros da empresa.

(D) fundamentado na busca de equilíbrio entre planejamento financeiro e responsabilidade social, possibilitando a implementação do método conhecido como 3P (plan, profit, people), que avalia o resultado da empresa considerando suas ações sociais.

(E) implementado nas empresas listadas na Bolsa, para compor uma métrica que avalie os resultados financeiros do ponto de vista dos investidores.

 

Letra A. Pessoal, o tripé da sustentabilidade ou triple bottom line (TBL) é composto pelos pilares ambiental, social e econômico.

O TBL é dividido em 3Ps: people, planet e profit.

People: capital humano (aspecto social)

Planet – capital natural (aspecto ambiental)

Profit – lucro (aspecto econômico ou financeiro)

O desenvolvimento sustentável busca harmonizar, conciliar, equilibrar aspectos financeiros (econômicos), responsabilidade social e ambiental, possibilitando a implementação de indicadores que avaliem essas três dimensões.

Fonte: Estratégia Concursos

Conquiste sua aprovação de uma vez por todas! Supere os limites, bloqueios e dificuldades que estão te impedindo de alcançar a sonhada nomeação! Clique aqui e saiba um pouco mais!


Confira alguns materiais gratuitos:

Chat online