PM e Bombeiros de Pernambuco vão oferecer 580 vagas em novo concurso público

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Pernambuco definiram o Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (Iaupe) como a banca organizadora de seu próximo concurso público. Foi divulgado nesta sexta-feira (16/3), no Diário Oficial do estado, que o certame oferecerá 500 vagas para o cargo de praça da Polícia Militar (PMPE), para a graduação inicial de soldado, 60 para os cargos de oficiais e de 20 para os cargos de oficiais do Corpo de Bombeiros Militares (CBMPE), ambos no posto inicial de segundo tenente. A contratação da banca foi no valor estimado de R$ 4.134 milhões.

Se a publicação do novo edital seguir o molde do último certame realizado em 2016, as vagas para a PMPE devem ser para nível médio, e como pré-requisito os inscritos devem ter altura mínima de 1,65m para homens e 1,60 para mulheres, ter idade mínima de 18 e máxima de 28, além de carteira de motorista na categoria B.

O Iaupe também organizou o concurso passado da corporação e elaborou uma prova objetiva com 70 questões, cobrando os seguintes conhecimentos: língua portuguesa (15), matemática (10), geografia (10), história (10) e direitos e garantias fundamentais (15). As demais etapas de avaliação do certame consistiam em exames de saúde, de aptidão física, aptidão psicológica e investigação social de caráter eliminatório.

O aprovado fez o curso de formação e habilitação de praças com bolsa-auxílio de formação profissional correspondente a R$ 970,42. Após a formação, o aluno é nomeado como soldado da PMSE e a remuneração passou a ser de R$ 2.319,88.

Bombeiros
Já para o Corpo de Bombeiros, as oportunidades serão apenas para o nível superior. Assim como para a PMPE, os interessados devem ter altura mínima de 1,65m para homens e 1,60 para mulheres, ter entre 18 e 28 anos e carteira de motorista na categoria B.

Conquiste sua aprovação de uma vez por todas! Supere os limites, bloqueios e dificuldades que estão te impedindo de alcançar a sonhada nomeação! Clique aqui e saiba um pouco mais!


Confira alguns materiais gratuitos:

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta