PETROBRAS – Comentários – Prova de TI

21 Um projeto simples de desenvolvimento de software foi modelado em 8 atividades. Cada atividade foi identificada com uma letra. A seguir, foram determinados os predecessores de cada atividade e ainda a duração prevista de cada uma. O projeto pode ser descrito pela seguinte Tabela:

Qual é o caminho crítico do projeto?

(A) S,T,W,Z
(B) S,V,X,Z
(C) S,Y,Z
(D) T,W
(E) V,X

Comentários: Pessoal, montando uma rede pert bem simples descobrimos que o projeto descrito possui “3 caminhos”, STWZ, SYZ e SVXZ com as respectivas durações: 17 dias, 16 dias e 15 dias.

Portanto, no caminho STWZ não há possibilidade de atraso em nenhuma atividade (as atividades não possuem “folga”) sem que não haja atraso no prazo final do projeto.

Gabarito letra A.

22 Uma das principais metodologias de gerência de projeto é o Gerenciamento de Valor Agregado. Usando essa técnica, no meio de um projeto, um gerente de projetos determinou que seu valor planejado (VP) era de R$ 1.150.000,00, enquanto seu valor agregado (VA) era de R$ 1.000.000,00. Ao mesmo tempo, seu custo real (CR) era de R$ 1.200.000,00.
A partir desses valores, qual a variação de custo (VC)?
(A) – R$ 200.000,00
(B) – R$ 150.000,00
(C) – R$ 50.000,00
(D) R$ 150.000,00
(E) R$ 200.000,00

Comentário: A questão pede a variação de custos do projeto em determinado momento. Usando a formula direto temos que VC = VA – CR. VC = 1.000.000 – 1.200.000, logo VC = -200.000,00.

Gabarito letra A.

23
Ao controlar e monitorar um projeto de desenvolvimento de um sistema de acompanhamento de vendas, um gerente determinou, após a coleta de dados por meio de um relatório informal de seus subalternos diretos, o grau de progresso da implementação dos casos de uso previstos. Essa é uma atividade de
(A) avaliação
(B) correção
(C) direção
(D) medição
(E) organização

Comentários: A questão descreve a atividade de medição realizada para verificação do progresso das tarefas do projeto.

Gabarito letra D.

24 Foi solicitada a um gerente de projeto a descrição parcial de um projeto de desenvolvimento de software usando a metodologia conhecida como Estrutura Analítica de Projeto (EAP).

Para a realização eficaz dessa tarefa, o gerente deve considerar que
(A) a EAP deve ter sempre a mesma profundidade em todos seus ramos, para manter os pacotes de trabalho no mesmo nível de abstração.
(B) os entregáveis não devem ser representados na EAP, que deve ser em fases do ciclo de vida do projeto.
(C) produtos, serviços ou resultados verificáveis devem ser usados como componentes da EAP.
(D) os subprojetos contratados devem ficar fora da EAP, pois não representam o trabalho da equipe.
(E) os pacotes de trabalho devem aparecer no segundo nível da EAP, para que sejam corretamente divididos em unidades menores, que podem ter seu custo e duração estimados.

Comentário: Pessoal, vamos analisar as alternativas. A letra A não tem o menor cabimento! A EAP não é um instrumento “engessado”. Não é necessário que todos os seus “ramos” tenham a mesma profundidade ou detalhamento.
Na letra B temos uma clara inversão. A EAP serve exatamente para representar os entregáveis de um projeto. Da mesma maneira, os subprojetos, mesmo que “terceirizados” e que de certo também “entregarão” algum produto devem sim constar na EAP. Por isso a letra D também está incorreta.
Não necessariamente os pacotes de trabalho aparecerão no segundo nível da EAP. Como falei, não se trata de uma ferramenta engessada. O nível de detalhes dos pacotes de trabalho variará com o tamanho e complexidade do projeto. Por isso a letra E está incorreta.
Restou a letra C que é o Gabarito da questão. De fato, todos os produtos, serviços ou resultados verificáveis (gerenciáveis) devem ser usados como componentes da EAP de um projeto.

25
Uma empresa que produz equipamentos foi surpreendida pela entrada no mercado de um novo competidor com preços mais baratos. Por causa disso, teve de iniciar um projeto para diminuir seus custos de produção e poder, também, baixar seus preços. Esse contexto de iniciação de projeto pode ser definido como:

(A) Satisfação de requisitos regulatórios, legais ou sociais.
(B) Satisfação de pedidos ou necessidades das partes interessadas.
(C) Implementação, modificação de estratégias de negócio ou de tecnologias.
(D) Criação, melhoria ou correção de produtos, processos ou serviços.
(E) Diminuição do risco de negócio da organização.

Comentário: O projeto descrito refere-se à modificação de estratégias de negócios ou de tecnologia com objetivo de reduzir os custos e consequentemente baixar os preços do produto final a fim de se manter no mercado e até superar o “novo entrante” no mercado. O objetivo é alterar negócio a fim de superar o novo concorrente.
Gabarito letra C.

26
De acordo com os termos da Lei no 13.303 de 30/06/2016, o profissional ou empresa cujo conceito no campo de sua especialidade, decorrente de, entre outros requisitos, desempenho anterior, estudos, experiência, publicações, organização e aparelhamento, permita inferir que o seu trabalho é essencial e, indiscutivelmente, o mais adequado à plena satisfação do objeto do contrato, deve ser considerado como sendo de
(A) alto conceito
(B) concorrência inadmissível
(C) capacidade extraordinária
(D) habilidade especial
(E) notória especialização

Comentários: Como vimos em nossa aula, a contratação de serviços técnicos por notória especialização é uma das possibilidades de contratação por inexigibilidade previstas na Lei das Estatais. Considera-se de notória especialização o profissional ou a empresa cujo conceito no campo de sua especialidade, decorrente de desempenho anterior, estudos, experiência, publicações, organização, aparelhamento, equipe técnica ou outros requisitos relacionados com suas atividades, permita inferir que o seu trabalho é essencial e indiscutivelmente o mais adequado à plena satisfação do objeto do contrato.
Gabarito letra E.

27
De acordo com os termos da Lei no 13.303 de 30/06/2016, no caso de julgamento por melhor técnica, será incluído no instrumento convocatório o valor do
(A) prêmio
(B) desconto
(C) sorteio
(D) edital
(E) estimado

Comentários: No Art. 34 § 2º, a lei define que no caso de julgamento por melhor técnica, o valor do prêmio ou da remuneração será incluído no instrumento convocatório. Questão literal.
Gabarito letra A.

28
Nos termos da Lei no 13.303/2016, as demonstrações contábeis auditadas da empresa pública e da sociedade de economia mista serão disponibilizadas no sítio eletrônico da empresa ou da sociedade na internet, inclusive em formato eletrônico
(A) criptografado
(B) inteligente
(C) especial
(D) dimensionável
(E) editável

Comentários: Mais uma questão literal. No Art. 86, a norma determina que as demonstrações contábeis auditadas da empresa pública e da sociedade de economia mista serão disponibilizadas no sítio eletrônico da empresa ou da sociedade na internet, inclusive em formato eletrônico editável. A ideia “facilitar” a fiscalização pelo Estado e pela Sociedade.

Gabarito letra E.

29 Um analista de sistemas de determinada empresa realiza estudos para avaliar a higidez de candidatos a realizar contratos com a empresa onde trabalha. Ele recebe a informação de que, em determinadas situações, é possível a sanção administrativa das pessoas jurídicas. Nos casos regulados pela Lei no 12.846 de 01/08/2013, na esfera administrativa, será aplicada às pessoas jurídicas consideradas responsáveis pelos atos lesivos previstos nessa lei a seguinte sanção:

(A) Divulgação em instituições da comunidade onde atuam.
(B) Comunicação aos órgãos municipais da penalidade atribuída.
(C) Publicação do ato condenatório em comunicados internos.
(D) Publicação extraordinária da decisão condenatória.
(E) Publicação em rol de condenados, administrado pelo Governo federal.

Comentários: Na esfera administrativa temos seguintes sanções: Multa e publicação extraordinária de decisão administrativa sancionadora. A publicação extraordinária da decisão condenatória ocorrerá na forma de extrato de sentença, a expensas da pessoa jurídica, em meios de comunicação de grande circulação na área da prática da infração e de atuação da pessoa jurídica ou, na sua falta, em publicação de circulação nacional, bem como por meio de afixação de edital, pelo prazo mínimo de 30 (trinta) dias, no próprio estabelecimento ou no local de exercício da atividade, de modo visível ao público, e no sítio eletrônico na rede mundial de computadores.

Gabarito letra D.

30
Um gerente da área de marketing pretende divulgar a organização interna da sociedade empresarial onde atua. Estudando a legislação em vigor, ele verifica que um dos itens que deve ser levado em conta na aplicação das sanções previstas na Lei no 12.846/2013 de 01/08/2013 é a existência de mecanismos e procedimentos internos de
(A) seleção
(B) técnica
(C) rotação
(D) interinidade
(E) integridade

Comentários: Falamos dos agravantes e atenuantes que devem ser levados em consideração na “dosimetria” da sanção a ser aplicada! Vimos que a existência de um programa (ou mecanismos e procedimentos internos) de integridade na empresa deve ser considerado como atenuante da sanção a ser imposta.

Gabarito letra E.

31
De acordo com a Lei no 12.846/2013, há uma proibição de receber incentivos, subsídios, subvenções, doações ou empréstimos de órgãos ou entidades públicas e de instituições financeiras públicas ou controladas pelo poder público. O prazo para se manter essa proibição é de, no mínimo,
1 ano, e, no máximo, de

(A) 2 anos
(B) 3 anos
(C) 4 anos
(D) 5 anos
(E) 6 anos

Comentários: Pessoal, conforme estudamos na nossa aula sobre a Lei Anticorrupção, na esfera judicial estão previstas no art. 19 sanções de restrições ou impedimentos ao exercício de determinados direitos, a saber:

• Perdimento dos bens, direitos ou valores que representem vantagem ou proveito direta ou indiretamente obtidos da infração, ressalvado o direito do lesado ou de terceiro de boa-fé;
• Suspensão ou interdição parcial de suas atividades;
• Dissolução compulsória da pessoa jurídica; e
Proibição de receber incentivos, subsídios, subvenções, doações ou empréstimos de órgãos ou entidades públicas e de instituições financeiras públicas ou controladas pelo poder público, pelo prazo mínimo de 1 (um) e máximo de 5 (cinco) anos.

Gabarito letra D

32
De acordo com os termos da Lei no 13.303 de 30/06/2016, a empresa pública e a sociedade de economia mista deverão informar os dados relativos às sanções por elas aplicadas aos contratados, nos termos definidos no art. 83, de forma a manter atualizado o cadastro de empresas
(A) desabilitadas
(B) expulsas
(C) inidôneas
(D) extintas
(E) proibidas

Comentários: Questão literal! No Art. 37, a Lei 13.303/2016 determina que a empresa pública e a sociedade de economia mista deverão informar os dados relativos às sanções por elas aplicadas aos contratados, nos termos definidos no art. 83, de forma a manter atualizado o cadastro de empresas inidôneas de que trata o art. 23 da Lei no 12.846, de 1o de agosto de 2013. Falamos do Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas – CEIS ao estudarmos a Lei 12.846/13. A referida norma assim estabelece: “Art. 23. Os órgãos ou entidades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário de todas as esferas de governo deverão informar e manter atualizados, para fins de publicidade, no Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas – CEIS, de caráter público, instituído no âmbito do Poder Executivo federal, os dados relativos às sanções por eles aplicadas, nos termos do disposto nos arts. 87 e 88 da Lei no 8.666, de 21 de junho de 1993.”
Gabarito letra C.

Fonte: Estratégia Concursos

Conquiste sua aprovação de uma vez por todas! Supere os limites, bloqueios e dificuldades que estão te impedindo de alcançar a sonhada nomeação! Clique aqui e saiba um pouco mais!


Confira alguns materiais gratuitos:

Deixe uma resposta