>> Garanta seu Planejamento de Estudos clicando aqui <<



O Concurso da Polícia Rodoviária Federal é um dos editais mais importantes entre os concursos federais: além das vantagens remuneratórias, com um salário de aproximadamente R$10.000 mil reais iniciais, a quantidade de vagas é sempre grande.

Por isso vale a pena estabelecermos uma preparação de qualidade, bem pensada, analisando cada elemento do edital do concurso.

Neste artigo vamos analisar especificamente o conteúdo programático de Física aplicada à perícia de acidentes rodoviários.

Além de analisar os tópicos presentes da disciplina, daremos dicas de materiais e veremos questões que caíram nos últimos concursos.

Vamos lá!

O que cai de Física no Concurso da PRF

Conteúdo de Física para a PRF

O conteúdo programático de Física aplicada à perícia de acidentes rodoviários do Concurso da PRF é o seguinte:

Mecânica

  • Cinemática escalar, cinemática vetorial.
  • Movimento circular.
  • Leis de Newton e suas aplicações.
  • Trabalho.
  • Potência.
  • Energia cinética, energia potencial, atrito.
  • Conservação de energia e suas transformações.
  • Quantidade de movimento e conservação da quantidade de movimento, impulso.
  • Colisões.
  • Estática dos corpos rígidos.
  • Estática dos fluidos.
  • Princípios de Pascal, Arquimedes e Stevin.

Ondulatória

  • Movimento harmônico simples.
  • Oscilações livres, amortecidas e forçadas.
  • Ondas.
  • Ondas sonoras, efeito doppler e ondas eletromagnéticas.
  • Frequências naturais e ressonância.

Óptica geométrica

  • Reflexão e refração da luz.
  • Instrumentos ópticos: características e aplicações.

O que é Mecânica

Mecânica

A Mecânica é a parte da Física que analisa os movimentos, as variações de energia e as forças que atuam sobre um corpo. Ela está dividida em três partes:

  1. Cinemática
  2. Dinâmica
  3. Estática

A Cinemática é a descrição geométrica dos movimentos, por meio de funções matemáticas, sendo por assim dizer, a equação do movimento.

Cinemática

A cinemática é a descrição geométrica dos movimentos, por meio de funções matemáticas, sendo, por assim dizer, a equação do movimento.

Dinâmica

A dinâmica estuda os fatos que fazem a produção ou alteração de determinado movimento, ou seja, o que dá origem ao movimento.

Estática

Já a Estática é a ciência que estuda determinadas condições para o equilíbrio de determinado corpo.

O que é a Ondulatória

Ondulatória é a parte da Física que estuda as ondas. Por exemplo: a onda numa corda, ondas do mar, ondas eletromagnéticas, como a luz, ondas sonoras etc.

O que é Óptica

Óptica é uma área da física responsável pelos estudos de fenômenos relacionados à luz.

A Óptica pode ser dividida em duas áreas:

  • Óptica Geométrica
  • Óptica Física

3 questões de Física que caíram no Concurso da PRF

Agora vamos analisar como o conteúdo de Física aplicada à perícia de acidentes rodoviários é cobrado nos concursos da Polícia Rodoviária Federal através de questões anteriores.

Mesmo que você não saiba a resposta, perceba como o conteúdo é cobrado:

QUESTÃO 01/Cespe/2013

O fenômeno de redução na frequência do som emitido pela buzina de um veículo em movimento, observado por um ouvinte, é denominado efeito Doppler. Essa diferença na frequência deve-se ao deslocamento no número de oscilações por segundo que atinge o ouvido do ouvinte. Os instrumentos utilizados pela PRF para o controle de velocidade se baseiam nesse efeito. A respeito do efeito Doppler, julgue o item abaixo.

Considere que um PRF, em uma viatura que se desloca com velocidade igual a 90 km/h, se aproxime do local de um acidente onde já se encontra uma ambulância parada, cuja sirene esteja emitindo som com frequência de 1.000 Hz.

Nesse caso, se a velocidade do som no ar for igual a 340 m/s, a frequência do som da sirene ouvido pelo policial será superior a 1.025 Hz.

Certo ou errado?

RESPOSTA: certo!

QUESTÃO 02/Funrio/2009

Um automóvel, de peso 12000 N, apresentou pane mecânica e ficou parado no acostamento de uma rodovia. Um caminhão reboque veio ao local para retirá-lo. O automóvel será puxado para cima do caminhão com o auxílio de um cabo de aço, através de uma rampa que tem uma inclinação de 30 graus com a horizontal. Considerando que o cabo de aço permanece paralelo à rampa e que os atritos são desprezíveis, a menor força que o cabo de aço deverá exercer para puxar o automóvel será, aproximadamente, de

A) 12000 N.

B) 6000 N.

C) 10400 N.

D) 5200 N.

E) 4000 N.

RESPOSTA: letra “B”

QUESTÃO 03/Funrio/2009

Um veículo desgovernado perde o controle e tomba à margem da rodovia, permanecendo posicionado com a lateral sobre o piso e o seu plano superior rente à beira de um precipício. Uma equipe de resgate decide como ação o tombamento do veículo à posição normal para viabilizar o resgate dos feridos e liberação da pista de rolamento. Diante disso precisam decidir qual o melhor ponto de amarração dos cabos na parte inferior do veículo e então puxá-lo. Qual a condição mais favorável de amarração e que também demanda o menor esforço físico da equipe?

A) A amarração no veículo deve ser feita em um ponto mais afastado possível do solo (mais alta), e a equipe deve puxar o cabo o mais próximo possível do veículo, dentro dos limites de segurança.

B) A amarração no veículo deve ser feita em um ponto mais próximo possível do seu centro de massa, e a equipe deve puxar o cabo o mais distante possível do veículo.

C) A amarração no veículo deve ser feita em um ponto mais próximo possível do seu centro de massa, e a equipe deve puxar o cabo o mais próximo possível do veículo, dentro dos limites de segurança.

D) A amarração no veículo deve ser feita em um ponto mais afastado do solo (mais alta), entretanto o esforço feito pela equipe independe de sua posição em relação ao veículo, desde que dentro dos limites de segurança.

E) A amarração no veículo deve ser feita em um ponto mais afastado possível do solo (mais alta), e a equipe deve puxar o cabo o mais distante possível do veículo.

RESPOSTA: letra “E”

Fonte: Segredos de Concurso

Chat online